13/10/2014

Qual é a função do profeta?

Grãos de mostarda
A função de um profeta é anunciar a Palavra de Deus. A função do profeta é preparar o povo para receber o Salvador. Não é obrigatório fazer previsões do futuro. Nem mesmo fazer milagres. João Batista foi o maior profeta e não fez milagres nem previsões do futuro. Entretanto, em sua pregação da verdade, João Batista tinha o poder de Elias como nos diz Lucas 1.17.

"Irá adiante dele no espírito e poder de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à prudência dos justos, a fim de preparar para o Senhor um povo apercebido"

Outras lições interessantes que tiramos sobre a verdadeira profecia é que ela restaura famílias e a justiça de Deus. Com famílias restauradas e com a prevalência da justiça o reino de Deus impera.

Observe também que o povo fica apercebido e não distraido. Falsos profetas distraem o povo para que não vejam a vontade de Deus e se arrependam. Falsos profetas são profissionais do entretenimento.

Reapeitanto os irmãos de outras comfissões, para os batistas não existe mais a necessidade premente de profetas visionários ou milagreiros. Existe uma necessidade urgênte de profetas como João Batista. Não precisamos de profetas de entretenimento religioso, mas de profetas que restaurem a noção de família e de justiça na igreja.

Se milagres podem acontecer ou mesmo alguma previsão dada por Deus? É possível, mas não obrigatório. Não é só possível é também secundário, ou seja, os sinais não são o principal e o que deve abundar na igreja. Os sinais podem ser raríssimos, mas famílias restauradas e justiça de Deus têm que ser a regra geral.

Portanto, para avaliar um possivel profeta, não o avalie no âmbito do entretenimento religioso, mas sim no âmbito da produção de mudança de vidas. Transformar vidas é operação do Espírito Santo mas também é o verdadeiro ministério de um profeta nos moldes do maior profeta que existiu, João Batista, aquele que não fez nenhum milagre mas preparou o povo para receber o Salvador.