07/10/2014

Como as novelas enganam o povo?

Estou estudando alguns textos sobre escrita de roteiros. É para uma oficina básica no acampamento da igreja. Lendo a poética de Aristóteles deparei-me com uma receita milenar sobre como dizer algo falso. No mínimo, algo muito atual com a engenharia social das novelas brasileiras.
Cabe ressaltar que falso para Aristóteles não era uma mentira, mas algo exagerado, algo que só fosse possível na poesia. Entretanto, tal técnica serve até os dias de hoje, inclusive para distorcer a verdade conforme a prática dos novelistas anticristãos.
Já está comprovado que nas regiões onde as novelas da TV atingem maior audiência ocorrem mais divórcios. Isso é engenharia social, mas como fazem isso? Aristótele nos dá uma pista.
Para o filósofo grego o homem pensa em paralelos. Digamos que mostre duas situações onde o resultado seja sempre o mesmo. Uma situação é falsa, a outra verdadeira, mas o resultado é o mesmo. Se mostradas em sequencia, vincularemos que ambas as afirmações são verdadeiras pela semelhança de resultados. Isso é automático, sem reflexão.
Dando um exemplo. Uma novela mostra uma mulher mais feliz logo após se divorciar, em contrapartida, mostra uma mulher infeliz no casamento. Ora, é fato que existem pessoas infelizes no casamento como em qualquer relação humana. Por outro lado é extremamente improvável, ou raro, que alguém fique muito feliz logo após um divórcio. O resultado é a felicidade, sendo que usando o contraste. Nosso pensamento intuiria que é verdade que o divórcio gera felicidade devido à manipulação que foi realizada em nossa mente. Especialmente quando assistimos filmes ou novelas, desligamos alguns filtros, por isso estamos suscetíveis a esse tipo de manipulação.
O que isso nos indica como crentes? Que as palavras de Jesus estão cada vez mais atuais. Devemos ser simples como as pombas e prudentes como a serpente. Ser apenas simples como as pombas não adianta, pois tornamo-nos presa fácil do maligno. Se compreendemos como a serpente ataca podemos nos proteger de seus ataques, evitá-los e até superá-los.
O próximo passo da engenharia social é o beijo gay. Isso está ocorrendo agora. Observe o padrão de manipulação caso tenha dúvida e continue assistindo novelas.
O mundo em que vivemos é como uma caçada. Uma caçada do maligno por vidas que possa tragar. Iscas são lançadas como milho aos pássaros, mas somente com prudencia evitaremos as armadilhas. Não coma a isca, conheça as armadilhas e evite que o mal se propague sobre a terra.

Links Externos:
Livros