21/09/2012

Os pregadores da fé que não salva

Existem algumas "igrejas" que não pregam o nome de Jesus Cristo como Senhor e Salvador. Tais igrejas pregam apenas a fé: a fé cura, a fé dá alegria, a fé dá forças e por aí vai. Mas qual é o problema disso? Simples. Não se prega a Jesus Cristo, mas uma atitude humana.

Para tais pregadores, basta ter fé como atitude do homem que toma posse da bênção para alcançar graças de Deus. Somente quando questionados sobre em quem está essa fé que então falam de Cristo, ou mesmo nem falam, continuam explicando a fé. Ora, a Bíblia não ensina que tudo se resume à fé, ao contrário, a pura fé é inútil se não for alicerçada na observação das Escrituras conforme os ensinos de Jesus Cristo.

Aliás, observar as Escrituras conforme os ensinos de Jesus é fundamental, pois estes pregadores da fé geralmente não observam as Escrituras, dizem até com zombaria que "bíblia não é desodorante para andar debaixo do braço", o que eles seguem mesmo é o programa de marketing religioso de suas organizações eclesiásticas.

E tais igrejas prosperam, pelo menos materialmente, mas a prosperidade nesse mundo não é reflexo das glórias celestiais, geralmente, são progressos diametralmente opostos.

João 3.16 deixa claro que a fé salvadora é em Jesus Cristo e está irremediavelmente atrelada a Ele para a Salvação, a fé sozinha é inútil para a vida eterna, veja:

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

Ora, Deus nos amou a ponto de restaurar nossa comunhão com Ele quando ainda éramos pecadores através da obra redentora de Cristo, portanto o foco é a obra redentora, pois é o ato suficiente de Deus, ao passo que nossa fé é a concordância com o que Jesus já fez, portanto, fé não é ato, é estado de concordância e confiança.

Assim como ninguém é merecedor de receber um salário simplesmente por estar no banco na hora do pagamento embora possa receber uma doação simplesmente porque acreditou na palavra de um benfeitor, a fé também é assim, não fazemos nada para ser salvos apenas aceitamos o presente de Deus. Como podemos pensar que somente pela fé, como estado humano, mereceríamos alguma coisa? Assim como a fé sem obras é morta, a fé sem Cristo também é morta.

Fé sem Cristo não conduz à Salvação, logo, precisamos tomar cuidado com tais pregadores que incentivam a fé como confissão positiva e não como aceitação da Palavra de Deus para a vida eterna.