07/09/2012

Líder ou Servo?


Parece loucura, mas não sabemos mais, no meio evangélico, discernir o que é ser líder e o que é ser servo. Talvez isso seja reflexo de nossa cultura materialista, de amor ao dinheiro, de suplantação do próximo. Só assim podemos entender essa loucura que se espalha no corpo de Cristo.

Há tempos atrás foi publicado o livro "A sedução do cristianismo" de Dave Hunt e T. A. McMahon, que previa essa ocorrência especialmente a partir de uma psicologização da igreja com a tal da "cura interior", hoje vemos que tal sedução seguiu pelo caminho das ações motivacionais na igreja. Exatamente como uma empresa.

Todo mundo é motivado a ser líder ao ponto de até não se saber mais o que é ser servo. Vejamos então o que o dicionário Houaiss nos diz sobre servo e líder. Observe que num dicionário nem todas as acepções são aplicadas a todos os casos. Aplicar todas as acepções a todos os casos é ignorância ou maldade, portanto vamos escolher duas que são mais adequadas a concepção de servo e líder na igreja atual.
"Precisamos 
resgatar a ideia
 de serviço, 
pois ser servo
não é vergonha, 
ser servo 
não é fraqueza" 

Servo é "2 aquele que obedece ou serve a alguém". Líder é "1 indivíduo que tem autoridade para comandar ou coordenar outros (...) pessoa cujas ações e palavras exercem influência sobre o pensamento e comportamento de outras". Com certeza você observou que são coisas diferentes, mas existem pessoas pensando que líder é aquele que serve.

Veja o que foi publicado em matéria sobre satisfação das mulheres evangélicas na igreja, aliás, uma pesquisa de cunho estritamente motivacional: "Como as líderes lideram" e "Como as servas lideram". Parece que confundiram o sujeito com o verbo adequado, no caso da afirmação serva e líder é o mesmo, mas nem no dicionário é assim, muito menos na Bíblia.

A ideologia de administração executivista na igreja gera esses absurdos de sentido. Mateus 23.11 nos diz que "O maior dentre vós será vosso servo", isso não significa que o líder é o maior e portanto servo, ao contrário, a ideia é de que quanto mais nos tornamos servos, e não líderes, maiores nos tornamos espiritualmente e não administrativamente.

Podemos dizer que o maior de todos os servos numa igreja talvez seja aquele mais esquecido e que obedece a todos. Talvez o zelador seja o verdadeiro maior servo de uma igreja e não aqueles que nos parecem mais notáveis como doutores, pastores e mestres.

Precisamos resgatar a ideia de serviço, pois ser servo não é vergonha, ser servo não é fraqueza. Estamos abdicando de nossa maior riqueza que é servir ao próximo para querer liderar o próximo.

Uma vez, quando eu exercia um cargo numa igreja, um irmão que hoje é pastor disse "Você não é líder" e de outra feita ratificou "serei consagrado a pastor antes de você". De fato ele estava certo. Eu não sou líder, nem tão pouco fui consagrado, mas será que é líderes ou de servos que a igreja precisa?

Precisamos abandonar o orgulho de buscar ser chamados de líderes, pois assim como isso gera uma incoerência de sentido nas palavras, também gera uma incoerência de testemunho e de ação cristã.

Que Deus nos abençoe e que sejamos servos.


WEBGRAFIA:
Bíblia Sagrada. ACF. Mateus 23.11. Disponível em <http://www.bibliaonline.com.br/acf/mt/23/11+> Acesso em 07/09/2012
Gospel Prime.Infográfico: Estudo mostra que 75% das mulheres são felizes na igreja. Disponível em <http://noticias.gospelprime.com.br/infografico-estudo-mulheres-felizes-igrejas-evangelicas/> acesso em 07/09/2012
Líder. Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa 2.0. Editora Positivo: 2007.
Servo.  Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa 2.0. Editora Positivo: 2007.


Marco Teles
B.el Teologia | Pedagogo
Casado com Lucimar