26/08/2012

Alegria e Felicidade

O coração dos sábios está na casa do luto, mas o coração dos tolos na casa da alegria. Melhor é ouvir a repreensão do sábio, do que ouvir alguém a canção do tolo. Eclesiastes 7:4-5

Como brasileiros vivemos numa cultura onde é obrigatório ser alegre. Existe até alguns que pregam uma teologia da alegria, como que sendo crentes devemos nos manter permanentemente alegres. Isto, na verdade, é uma confusão entre alegria e felicidade. A alegria é uma júbilo que dura um pouco, mas a felicidade é o contentamento que nos ajuda a superar os momentos mais tristes de nossa vida. A felicidade é a manifestação de nossa segurança em Cristo, mesmo que passemos por tristezas.

Observando o Eclesiastes 7.4-5 percebemos que a alegria nem sempre está atrelada a sabedoria. Podemos admitir que o livro de eclesiastes tem uma linguagem um tanto trágica, pois é a sua forma de refletir sobre a finitude humana, mas devemos admitir também que ele diz uma verdade real.

Os sábios são aqueles que se aplicam às leis de Deus, os tolos são os que se aplicam aos prazeres carnais. É comum que crentes carnais digam, de uma igreja mais reflexiva, que ela é morta porque "não se bate palmas e não se pode gritar um aleluia", mas se a sabedoria está ligada a seriedade, e até ao luto, conforme eclesiastes, porque desejamos comparar a alegria, a vida em Deus com a alegria mundana onde se bate palma, se grita, e se dança.

Deus é Espírito, devemos adora-lo em Espírito e em verdade (João 4.24), logo, mera alegria aparente não é suficiente. É mais importante ter a felicidade que nem sempre é visivel e que não pode ser fingida ou mesmo forçada por manipulação emocional. Deus deseja que busquemos a felicidade em servi-lo para que nos tornemos igreja de Cristo verdadeiramente viva. Pulos e saracoteios são um detalhe a parte.

Isso significa que não devemos manifestar alegria? Claro que não, mas significa que não podemos ser tão superficiais a ponto de considerar a alegria em Cristo se resuma a manifestações exteriores de emoção.

Em vários shows mundanos há manifestações de alegria, mas é só uma emoção. Eles carecem de felicidade que é um estado de espírito que não depende da alegria. Não podemos esperar encontrar na igreja uma oferta de alegria semelhante a do mundo, pois, do contrário, estaremos apenas pulando em um show gospel.

Webgrafia:

Biblia Sagrada. Almeida Corrigida, Revisada e Fiel. Disponível em <http://www.bibliaonline.com.br/acf/jo/4> e em <http://www.bibliaonline.com.br/acf/ec/7> acesso em 26/08/2012





Marco Teles
B.el Teologia | Pedagogo
Casado com Lucimar