06/05/2012

Jonatas e Davi eram gays?

Uma das alegações mais absurdas e inconsistentes é a de que Jônatas e Davi teriam um relacionamento homossexual. É pura propaganda para gerar polêmica que usa do artifício falacioso de tirar as palavras de seu contexto.

A palavra hebraica usada para alma realmente tem muitos significados, alguns positivos, outros nem tanto, por isso não é de tradução fácil para a cultura ocidental, afinal a Bíblia é um livro oriental em sua maior parte. Tirando talvez somente, as cartas que Paulo escreve da prisão em Roma, a maioria dos livros foi escrito na Palestina ou em cidades do oriente médio. Essa diferença da cultura oriental para com a ocidental é reconhecida por muitos estudiosos que tomam os devidos cuidados para não fazer interpretações nefastas. Muitas vezes só podemos entender uma ideia a partir de todo o seu contexto e não somente a partir de algumas palavras tiradas a esmo.

Sendo assim, para entender a amizade entre Jônatas e Davi é necessário entender o contexto da época, da Bíblia e dos próprios personagens. Quanto a época, o homossexualismo era considerado abominação e deveria receber a pena de morte sem dúbia interpretação. Quanto à Bíblia, ela não esconde ou mascara pecados de seus personagens, ao contrário mostra-os com veemência até mesmo indicando sua punição como no caso do próprio Davi ao adulterar com Bateseba. Ora, se por um adultério heterossexual, seguido de assassinato para esconder o pecado, Davi sofreu grandemente como relatam as Escrituras, uma abominação aos olhos do Senhor não seria tratada de forma passageira como coisa comum. Do ponto de vista dos próprios personagens, Davi gostava de mulher e tinha como esposas Abigail, Ainoã, Maaca, Hagite, Abital, Eglá (2 Samuel 3.2-5) e suas concubinas e mulheres que tirou de Jerusalém (2 Samuel 5.13) Jônatas tinha a mesma preferência, embora sua descendência tenha sido dizimada na guerra restando apenas Mefibosete, que era coxo, e que Davi acolheu em nome de sua amizade a Jônatas quando subiu ao trono (2 Samuel 9).

Observa-se portanto, que mesmo palavras de difícil interpretação para a nossa cultura podem ser entendidas corretamente dentro de seu contexto. No contexto de Jônatas e Davi eles eram grandes amigos. Davi também é chamado de "o homem segundo o coração de Deus" o que faz ligação com o texto em que Jesus nos ordena amar o próximo como a nós mesmos, um amor transcendente, não carnal, assim como a amizade de Davi e Jônatas (Marcos 12.33; 1 Samuel 18.1) amar "o próximo como a si mesmo" e amar "como a sua própria alma" são equivalentes e adequados para homens de Deus aprovados pelo Pai.

Lembro do Pr Rick, um missionário americano, gente boa, que ficou muito confuso quando lhe expliquei pela primeira vez os diferentes usos da palavra "assistir" no português. Podemos assistir no sentido de presenciar, no sentido de ajudar, de socorrer, de morar em algum lugar. Isso não é fácil para quem não fala português como nativo, até mesmo brasileiros demoram para entender o significado fora do contexto. Porque tiraríamos as palavras de seu contexto na Bíblia para defender algo incoerente com seu ensino? Isso não é bom.

Que Deus nos abençoe para entender que a Bíblia não pode ser censurada ou modificada pois tudo passa, mas a Palavra do Senhor permanecerá para sempre.


Marco Teles
B.el Teologia | Pedagogo
Casado com Lucimar