13/04/2012

Testemunhas de Cristo

Vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR, e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá. Isaias 43.10
É possível que existam testemunhas que se prostituem contra a verdade. Nos tribunais atuais temos uma organização diferente dos julgamentos judaicos. Temos juízes, advogados, testemunhas, e em caso de crimes dolosos contra a vida, o juri. Nos tempos bíblicos, a palavra da testemunha era fundamental na defesa de uma pessoa, inclusive, se a testemunha mentisse, teria o mesmo destino do condenado. Talvez não possamos esperar o mesmo procedimento das testemunhas em nossa pós-modernidade, mas Deus espera que sejamos testemunhas que se colocam ao lado dEle em qualquer situação.

Nos dias atuais ninguém quer ser a favor da verdade, pois implica em compromisso. Num mundo cada vez mais individualista, as pessoas só pensam em si e tornam-se cada vez mais solitárias. O individualismo afasta as pessoas da igreja, da comunhão, da característica bíblica de testemunha que compartilha. Hoje preferimos o testemunho das provas periciais porque cada um cuida de si e não do próximo. 

Não sendo testemunhas, as pessoas preferem vários deuses, pois assim não precisam ser mais fiéis a um do que a outro. É só uma questão de negociar espiritualmente, pensam eles. Mas Deus quer testemunhas que se comprometam com ele e com sua igreja.

Ninguém pode ser testemunha de Deus sem comunhão com Deus através da igreja. Ora, a igreja é a manifestação do corpo de Cristo, então é nela que comungamos com Deus e com outras testemunhas. A testemunha não pode ser testemunha sozinha, é necessário confessar com outros para que seu testemunho avance. 

Deus deseja que sejamos Suas testemunhas para mostrar que Ele é o único Deus. As igrejas moderninhas estão perdendo o foco no testemunho para o milagre. Com isso, o Diabo está usando instituições que se denominam de igrejas para dissolver a característica fundamental do testemunho que é a irmandade. Não enfatizam mais a comunhão como ponto de união entre as testemunhas, mas usam as "correntes" como motivador do mercado religioso. 

Só o Deus único possui testemunhas. A igreja é o lugar de testemunho. Precisamos testemunhar. Não podemos nos unir por correntes ou apenas por eventos e organizações da igreja mas pelo estudo da Palavra. Embora as organizações sejam úteis e boas, as igrejas não são formadas por encontro de casais com Cristo, ou por eventos esportivos, ou passeios. Isso é bom, mas isso não é o fundamental da igreja. O fundamental é a reunião de testemunhas em torno da Palavra de Deus.

Precisamos ser testemunhas de Cristo, não mera agremiação constituída por acomodação a um ambiente social agradável. Ser testemunha significa dar a mesma palavra de nosso Senhor perante o juízo do mundo. Qual a palavra que temos dado? Uma palavra meramente social, ou uma palavra de compromisso e comunhão com Deus e sua igreja?

Que Deus nos abençoe para que sejamos testemunhas do único Deus vivo e verdadeiro.


Marco Teles
B.el Teologia | Pedagogo
Casado com Lucimar