06/03/2012

Duvida e Descrença


Uma das formas de adquirir conhecimento é pela dúvida. Exatamente por isso não somos salvos por conhecer o Evangelho mas por aceitar a Jesus em nosso coração. Mas ainda assim temos dúvidas pois sempre queremos saber alguma coisa que nos angustia. Podemos chegar até a duvidar de Deus. Mas você poderá dizer que a dúvida é necessária, que muitas descobertas e ideias importantes da humanidade vieram da dúvida. Tudo bem, é fato. No entanto precisamos saber de que tipo de dúvida a Bíblia nos fala que não agrada a Deus.

Duvidar não significa necessariamente descrer, mas talvez um entendimento incompleto que desejamos esclarecer. Nesse caso é o tipo de dúvida que leva a uma construção, a uma reflexão sobre o que nos interessa, e muitas vezes essa dúvida se bem dirigida pode nos levar a compreender melhor a realidade espiritual e até ensinar a outros. Mas não é essa dúvida meramente interrogativa que a Bíblia condena. A Bíblia condena a dúvida da oposição a Deus, da descrença na Palavra de nosso Senhor.

Tiago 1.5-7 nos fala que aquele que duvida não recebe nada de Deus, nem mesmo a sabedoria. Ao passo que a sabedoria mundana se baseia na dúvida a sabedoria de Deus baseia-se na fé. Mas observe que o termo grego usado para dúvida no texto citado refere-se a vacilar, titubear, opor-se, contender ou disputar com Deus. A dúvida nesse sentido é absurda pois somos mortais e finitos portanto não podemos contender com o Deus supremo e infinito. Se pensamos que vamos vencer Deus para alcançar sabedoria através de alguma dialética estamos enganados. De Deus não se duvida, no sentido de contender com Ele, pois não podemos compreender a sua grandeza.

A dúvida aceitável por Deus é aquela que busca conhecê-lo melhor. O apóstolo Paulo ao cair cego de seu cavalo no caminho de Damasco, por obra do próprio Senhor Jesus, chegou a perguntar "Quem és tu, Senhor?" e Jesus respondeu "Eu sou Jesus a quem tu persegues" e depois da resposta Saulo de Tarso não seria jamais o mesmo homem. Talvez tenhamos alguma dúvida, que não seja baseada na descrença, mas na busca de entender a vontade de Deus, se a temos com humildade e perguntamos a Jesus o Senhor nos responde, mas enquanto estamos resistindo a Deus através da dúvida de oposição, de antagonismo a Deus, nunca encontraremos a resposta que só Deus pode dar. O Diabo é antagonista de Deus e já foi vencido, porque então pensaríamos que seríamos vencedores na oposição a Deus?

Talvez você tenha alguma dúvida que o impede de aproximar-se mais de Deus por usa-la no sentido de oposição. Não faça isso! Transforme sua dúvida de oposição em indagação humilde a Deus como um pedido por sabedoria que Deus lhe atenderá e encherá de Sua sabedoria que excede em muito a sabedoria mundana.

Não se deixe levar apenas pela ciência das coisas, pois não basta estar ciente é necessário estar consciente do que Deus preparou para nós em Cristo Jesus. Deus nos preparou a Salvação para ser aceita pela fé, sendo que ele envia seus servos, a igreja de Cristo, para ensinar sobre as possíveis dúvidas que possamos ter, mas se não aceitamos a Salvação por mera oposição duvidosa estamos nos afastando de Deus e da vida eterna.

Quer pedir sabedoria a Jesus? Quer perguntar alguma coisa a Ele? Pergunte que Ele responderá. Talvez Ele não responda de uma forma que você entenda de imediato, mas responderá de uma forma tão especial que fará um sentido enorme para sua vida aqui e depois da morte terrena.

Creia em Jesus. Pergunte a Ele o que você precisa saber para entender sua vontade, pois como Pai amoroso Ele nos responderá no tempo e medidas certos para a Salvação no único e suficiente Salvador.

  • Tiago 1.5-7 E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não o lança em rosto; e ser-lhe-á dada.  Peça-a, porém, com fé, não duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento e lançada de uma para outra parte. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa.



Marco Teles
B.el Teologia | Pedagogo
Cursa pós em Ensino Religioso
Casado com Lucimar


Bibiografia:
Bíblia Sagrada. João Ferreira de Almeida Revista e Corrigida. Tiago 1.5-7; Atos 9; João 3.16; Hebreus 2.14.
STRONG. Concordância Bíblica Grego e Hebraico.