01/02/2012

Caráter e circunstâncias

Vença  adversidades com um caráter transformado por Deus
Geralmente ouvimos dizer que uma pessoa tem bom caráter ou que é sem caráter. Segundo o dicionário Aurélio, uma das definições de caráter pode ser "índole, natureza" sob o ponto de vista bíblico é essa definição que nos interessa. O caráter referido na Bíblia é sua natureza perante as circunstâncias, sejam elas boas ou más.

Biblicamente quem tem caráter transformado vive a Palavra de Deus em qualquer circunstancia. No Salmo primeiro vemos que somos felizes quando não andamos no conselho dos ímpios. O filho de Salomão, Roboão, ao suceder o trono deu atenção ao conselho ímpios e não de sábios e por isso seu reino foi dividido. É verdade que estamos no mundo e sujeitos a pecar. Embora fujamos do mal, parece que ele nos persegue. A melhor forma de afastar-se do mal é buscar conselhos sábios de pessoas que vivem a Palavra de Deus, por isso é tão importante a comunhão entre irmãos na igreja. Se pensamos que não precisamos estar na igreja para servir a Deus nos enganamos pois onde há sabedoria senão nos servos de Deus? Entendamos que sabedoria não é conhecimento, um homem com muito conhecimento pode ser um tolo e um homem com pouco conhecimento ser um sábio, pois sabedoria, biblicamente, é "prudência, moderação, temperança, sensatez, reflexão" (FERREIRA,2009) e isso não se consegue com estudo, mas é uma marca de caráter dada por Deus.

Passaremos a tratar caráter como natureza do indivíduo que é um sinônimo mais aberto. Quando Deus transforma nossa natureza nos tornamos sábios em qualquer circunstância sem seguir ao mal ou os perversos, mesmo que os perversos nos chamem contraditoriamente de "mal caráter" simplesmente porque não partilhamos de suas maldades.

Com a natureza transformada também buscamos a Deus na adversidade. Em 2 Cronicas 7.14 lemos que se nos humilharmos e orarmos e buscarmos a face de Deus Ele nos ouvirá. Devemos esperar em Deus e buscar a sua face em meio à adversidade. Ana a mãe do profeta Samuel estava aflita pois não realizava a maternidade e orou no templo com tanto fervor que foi considerada bêbada pelo sacerdote Eli. Depois de verificar que não era bebedeira mas devoção o sacerdote bendisse Ana e posteriormente Deus a abençoou com a maternidade.

Seria fácil esperar como Ana pela bênção de Deus? Claro que não! Ana era importunada pela outra esposa de Elcana, Penina, além de um filho ser uma realização em sua sociedade. Ana desejava realização, desejava vencer sua vergonha perante o povo, e foi buscar a solução em Deus. Hoje ter ou não um filho pode não ter a mesma cobrança social, mas temos outros problemas em nossa vida que são adversidades próprias de nossa época ou que são próprias do ser humano em qualquer época. Para vencer a adversidade precisamos buscar a face de Deus assim como fez Ana e foi abençoada. Um caráter transformado não se revolta contra Deus na adversidade, mas o busca com ainda mais intensidade sabendo que o Senhor nos atenderá.

O homem de caráter também não se deixa vencer pelo mal. Em Colossenses 3.10-15, Paulo nos fala que nas adversidades entre irmãos devemos valorizar a nova natureza dada por Deus perdoando-nos uns aos outros, pois do mal vivem os mundanos, andando em toda sorte de maldade. Noé foi em exemplo claro disso, enquanto toda a humanidade se corrompia ele andava com Deus e foi salvo construindo a Arca conforme a ordem de Deus. Pode-se dizer que a arca e o dilúvio são símbolos da aliança de Deus com seu servo e do sepultamento do mal pelas águas para o renascer de uma nova vida de obediência a Deus com um caráter transformado.  Isto nos ensina que na adversidade, não devemos nos deixar vencer pelo mal, mesmo que sejamos o único justo na situação, pois Deus está conosco.

E finalmente o homem de Caráter louva a Deus em qualquer circunstância. Abraão foi provado em sua fé para que oferecesse seu herdeiro, Isaque em sacrifício. Abraão vivia num mundo onde as pessoas sacrificavam seus filhos aos deuses, e mesmo conhecendo o amor de Deus, Abraão precisava experimentar até onde ia sua fidelidade e descobrir que Deus é o Senhor da providência mesmo quando as circunstâncias parecem exigir de nós mais do que podemos suportar. Abraão não falou mau de Deus, antes segui seu caminho submisso obediente e louvando a Deus dizendo que ele proveria a oferta.

Um homem de caráter deve servir como Abraão: louvar a Deus em qualquer circunstância obedecendo sua vontade. Deus honrou a fidelidade de Abraão. Deus honra também nossa fidelidade em meio a adversidade. Portanto quem tem o caráter de Deus, vive a Palavra de Deus, busca ao Senhor, não se deixa vencer pelo mal e louva a Deus em qualquer adversidade. Oremos para que Deus trabalhem nosso caráter a ponto de crescermos a cada em direção ao caráter de Cristo.

Webgrafia:

Bíblia Sagrada. Almeida Corrigida e Fiel. Salmo 1; 2 Crônicas 10; 1 Samuel 1; 2 Crônicas 7.14; Gênesis 6; Gênesis 22. Disponivel em <http://www.bibliaonline.com.br/acf> acesso em 01/02/2012
DORNAS, Lécio. Palavra e Vida. Marcados pela Alegria, livro de Filipenses. Niterói: Convenção Batista Fluminense, 2012. Disponivel em <http://www.batistafluminense.org.br/_novo/Media/Document/pdf/P&V_1T12.pdf> acesso em 01/02/2012.
FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa. Curitiba: Positivo, 2009.
Ilustrações: Marco Teles