15/02/2012

Andar na Luz

Nossa atitude nesse mundo está condicionada ao Ser de Deus. "Ser" e "estar" em grego koinê são a mesma coisa ao contrário do nosso português onde um termo tem sentido de permanência e outro de transitoriedade. Deus é o Ser imutável e eterno, se queremos conduzir nossas vidas por um padrão adequado, Ele é o padrão incorruptível em todos os sentidos.

A Primeira Carta de João nos diz que Deus é luz e que nele não há trevas. João ainda continua ensinando que aquele que realmente anda na luz não é tomado pelas trevas. Claro que isso não significa a possibilidade de sermos infalíveis como advogam alguns, mas enfatiza o sentido de não viver continuamente andando nas trevas. Talvez um crente possa ser assaltado pelas trevas, de forma pontual, mas não de forma definitiva pois mesmo que caia num buraco escuro sairá dali e continuará andando na luz.

Se alguém pecar, não se abata pelo pecado mas procure voltar para a luz buscando a Cristo e "vá e não peques mais". Jesus não veio para nos condenar mas para nos Salvar, mas se nós escolhemos andar nas trevas não podemos ver o Salvador, mas apenas trevas. Quantas pessoas caem e ficam no buraco porque não querem voltar para a luz!

Nossa atitude agradável a Deus é andar na sua luz, mesmo que nossa força seja pouca ou mesmo nosso entendimento esteja embotado, pois andando na luz podemos entender onde estamos e fazer escolhas adequadas. Imagine-se num labirinto que representa o mundo sem Deus, onde todos vivemos salvos ou não, se você estiver na luz poderá evitar acidentes senão sairá esbarrando nas paredes e nas suas quinas. Viver conforme o mundo é doloroso embora pareça divertido no início seu fim não é o melhor. Que Deus nos abençoe para sempre andarmos na luz mesmo que pareça "divertido" se esconder no escuro, pois tal diversão custará caro para nossas almas.

Marco Teles
E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas. Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade. Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. 1 João 1:5-7