24/01/2012

Autoridade e autoritarismo

Por isso, ainda que tenha em Cristo grande confiança para te mandar o que te convém, todavia peço-te antes por amor, sendo eu tal como sou, Paulo o velho, e também agora prisioneiro de Jesus Cristo. Filemom 1:8-9

Uma das coisas comuns de acontecer com quem alcança algum posto de liderança na igreja é se deixar levar pelo autoritarismo. Às vezes um bom irmão, ou irmã, quando vê alguma dificuldade em sua "liderança", recorre ao autoritarismo que julga inerente a responsabilidade de sua "liderança". Aliás "liderança" é um termo errado deveria ser dito corretamente "servidão", pois todos somos servos uns dos outros.

Mas apesar de nossas incoerências o apóstolo Paulo, orientado por Deus, nos dá exemplo de como um servo deve dirigir-se a outro, mesmo que possua autoridade. Em Filemom 1.8-9 Paulo dirige-se ao irmão em Cristo Onésimo pedindo clemencia para um escravo fugitivo que se convertera, Filemom.

Paulo diz a Onésimo que mesmo que ele tenha confiança na autoridade que possuia para "mandar o que te convém" ele não se valia disso mas valia-se do amor pois disse "peço-te antes por amor" em prol de Filemom. É interessante como estamos perdendo esse foco amoroso da comunhão e assumindo a mandância entre nós.


Ora, se pregamos o evangelho, ou ensinamos, ou zelamos pelo templo, ou cantamos ou fazemos qualquer outra coisa, não é por obrigação mas por amor. Infelizmente temos visto a igreja como organização e buscado as formas de liderança hierarquicas e autoritarias das organizações.

Não vamos fazer como muitos que confundem instituição com organização, pois a igreja como instituição é algo no campo do sentido onde todos somos a igreja, mas a igreja no campo das organizações se torna apenas um empreendimento onde até a pregação genuina do evangelho é sujeita a ordens de irmãos que se julgam ordenanças e não dispenseiros através do amor entre irmãos.


Vamos aprender a falar com mais amor e com menos imposição de autoridade? A autoridade mais bem aceita é aquela que se manifesta em amor e não em hierarquia. Que Deus abençoe para que nossas igrejas sejam instituições amorosas e não meras organizações que precisam manter o funcionamento do sistema.