09/10/2011

Religião Bonitinha

Outro dia perguntei a um irmão se visitava meu site. "Já visitei, mas não gosto dessas coisas". Poderia ter ficado contrariado, mas fiquei realizado. Afinal, populares são as superficialidades e pieguices. Não ser popular é um ótimo sinal!

Lembremos de alguns que não foram populares por sua Palavra na Bíblia: Elias, que foi perseguido por Jezabel; Jeremias a quem chamam de chorão; Isaías antes da queda de Jerusalém, Moisés durante praticamente todo seu ministério, e citaríamos outros mais. Certamente é bom estar ao lado deles no que tange a impopularidade da Palavra.

Essa tendencia pelo popular piegas vem da falsa ideia de que tal categoria é construtiva. Na verdade é um grande engano, pois não constrói nada, apenas mantém a estabilidade da conformação. Em muitas coisas a igreja tem se conformado ao mundo e a pieguice é sua liga. Falar contra a conformação é incômodo, alguns chegam a se irritar e pedir que se cale, mas isso é normal ao comportamento farisaico tão afeito a aparência de santidade. 

Construir sobre a aparência só nos leva a ser mais bonitinhos religiosamente, mas não a ser mais bíblicos.