17/12/2010

Pedro superlativo

O apóstolo Pedro era uma pessoa superlativa. O superlativo no português é composto pelo sufixo -íssimo e outros similares. Altíssimo, numerosíssimo, são exemplos de superlativos referentes a Deus. O superlativo no hebraico era expresso pela repetição de uma palavra por três vezes. Santo, Santo, Santo, é o equivalente hebraico a Santíssimo em português.

Quando digo que Pedro era superlativo, digo no sentido de que buscava tudo com intensidade. É conhecida sua fama de discípulo arrojado. Foi ele que pediu para andar sobre o mar com Jesus, que confessou que Jesus é o Cristo filho do Deus vivo, que disse que jamais negaria a Jesus, que num ímpeto cortou a orelha de Malco no episódio da prisão de Jesus.

Mas quando Jesus foi preso e crucificado, Pedro temeroso o negou três vezes. Foi uma negação tão superlativa quanto sua fé. Quando Jesus ressuscitou apresentou-se a seus discípulos e perguntou a Pedro por três vezes se O amava. Pedro repetiu sua resposta, mas se entristeceu na terceira vez, pois percebeu que mais uma vez estava sendo superlativo, talvez querendo ser melhor do que os outros discípulos.

Pedro não se entristeceu porque Jesus mudou a pergunta, mas porque Jesus podia fazer uma pergunta superlativa, pois Ele é supremo, mas Pedro, limitado, jamais poderia dar uma resposta superlativa para Jesus.

O texto que relata esse evento está em Lucas 21. Jesus ainda prediz a Pedro o final de sua vida no verso 18, dizendo que na velhice o levariam para onde não desejava e que seria impotente para impedir. O homem que desejava ser superlativo percebeu então que era limitado, que sua força estava somente em Deus.

Vamos ser sinceros: assim como os discípulos mais tímidos, também gostamos de nos sentir superlativos como Pedro. Quantas vezes nos vemos em situações insustentáveis produzidas por nosso excesso de confiança em nós mesmos? É melhor reconhecer que o único ser superlativo, supremo, infinito, é Deus. Nós não somos como Deus, mas podemos confiar nele, e ainda que nos vejamos impotentes como Pedro no final da vida, podemos ver que Deus cuidou de nós poderosamente.

Não espere o final da vida. Esvazie-se de seus próprios poderes humanos e encha-se do poder de Deus para que sua vida realizada na plenitude que só Deus pode dar.

Historia de los Bautistas: Tomo 1 (Spanish Edition)Historia de los Bautistas Tomo 3 (Spanish Edition)
Historia de los Bautistas: Tomo 2 (Spanish Edition)