06/02/2010

Empurando para o precipício

Ouça este texto em português |

E todos, na sinagoga, ouvindo estas coisas, se encheram de ira. E, levantando-se, o expulsaram da cidade, e o levaram até ao cume do monte em que a cidade deles estava edificada, para dali o precipitarem. Ele, porém, passando pelo meio deles, retirou-se. Lucas 4.28-30


Este de quem o texto de Lucas fala é o próprio Senhor Jesus. Os judeus, seus compatriotas, quiseram joga-lo de um precipício porque Ele falou a verdade de que ninguém tem mérito perante Deus. Nós cristãos também pregamos isso e muita vez preparam precipícios para nós, vão nos empurrando e acuando até que caiamos para a morte pois não suportam ouvir a Palavra de Deus. Se fizeram isso com o mestre porque não fariam com seus discípulos? Devemos nos alegrar por isso como nos diz Mateus 5.11-12 "Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós." Para os que se perdem os cristãos são arrogantes e inconvenientes pois pagãos seguem felizes indo para o inferno, afinal sua felicidade é somente química-biológica e não espiritual.


Outro dia pude observar a necessidade da felicidade química das pessoas, passando numa sexta feira à noite pelas ruas do Rio de Janeiro, repletas de bares. O cheiro da cerveja era predominante, algo que centralizava a massa pelo cheiro e sensações como animais iludidos por uma isca qualquer, que para eles representava alegria, como moscas atraídas pelo odor fétido de plantas carnívoras que a devorarão no final.


Devemos pregar para estas pessoas? Sim, e veementemente! Mas e quando não querem ouvir? Quando zombam da Palavra de Deus? Mateus 7.6 nos diz "Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem". Quando pregamos devemos fazê-lo a pessoas, pelo menos dispostas a ouvir, os que só querem escarnecer são comparados por Jesus a cães e porcos, que eram animais impuros para os judeus vivendo fora da comunidade, geralmente em estado selvagem, não podendo viver entre os homens. Aqueles que se afastam de Deus, da igreja de Cristo, estão em ambiente selvagem onde não podem entender como é preciosa a Palavra de Deus, por isso tentam fazer com você que prega, e comigo o mesmo que os porcos, os cães e os homens da sinagoga que não aceitam a Palavra de Salvação, querem calar nossa pregação, mesmo à força.

Devemos temer sua oposição, suas articulações? Não. Pois Deus deseja salvar estas pessoas. Pois Deus nos dará o refúgio no momento necessário, ainda que esse refúgio seja o céu. O que temos feito? Calado perante aqueles que se guiam pela quimica mundana e irracional, ou até mesmo buscado essa quimica mundana e irracional em nossas igrejas, ou temos pregado a Palavra de Deus para todo aquele que demonstra interesse em ouvir?

Pregue a Palavra de Deus enquanto há tempo, pois cada vez mais os ímpios se tornam mais selvagens em suas investidas. Nós não devemos ser selvagens como eles, mas dedicados ao ensino e pregação da Palavra Salvadora de Nosso Senhor Jesus Cristo.