01/01/2010

No Princípio Criou Deus

Ouça este texto em português
Feliz Ano Novo! Começaremos o ano estudando a Bíblia a partir de seu primeiro livro - Gênesis. Este livro nos traz muita riqueza de interpretação e tem ligação direta com vários conceitos ciêntíficos, cosmológicos e existenciais, mas vamos nos ater, como proposto para este ano, estudar a Bíblia com base apenas no que a Bíblia diz. Começando...


1 ¶ No princípio criou Deus os céus e a terra. 2 E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. 

O termo "No princípio" não é um termo exato, a criação foi narrada tendo em vista o plano de Deus para o homem, por isso não fala de coisas com as quais a maioria da humanidade não teria convívio, mesmo assim narra a condição primordial da terra para inserir a narrativa da Criação. Note que a terra e os céus já existiam, não sendo narrado a quanto tempo. Tudo é narrado sob o ponto de vista de Moisés como quem observa uma visão dada por Deus, portanto não há pretensão de exatidão científica embora bons cientistas não caiam na tentação de contrariar essa narrativa.

Podemos notar algumas coisas quanto à descrição da terra:
- Não tinha forma, era vazia.
- Era coberta por água, onde o Espírito de Deus pairava.

Pelo restante da narrativa podemos deduzir que a terra era um grande mar, tanto que a terra seca surgiu depois, e que a água não estava só em seu estado líquido como também gasoso, onde o vapor dágua e o líquido se encontravam gerando um abismo. Exemplificando: no Rio de Janeiro há o serviço das Barcas S/A que faz o transporte de passageiros entre as cidades do Rio e Niterói, em certa época do ano ocorrem nevoeiros que impossibilitam a distinção de onde começa o nevoeiro e o limite da água liquida. Uma pessoa que caia naquelas águas em tais circunstancias, se verá num abismo pois não poderá distinguir para onde ir. Este é só um exemplo da realidade dos primeiros dias da terra que seriam bem mais hostis do que o exemplo ilustrativo dado.

3 ¶ E disse Deus: Haja luz; e houve luz. 4 E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas. 5 E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro. 

Não havia luz embora a terra já fosse coberta de água, então Deus ordenou que houvesse luz, note que a partir daí conta-se os dias da criação. A terra não foi feita no primeiro dia da Criação, já existia e estava nos planos de Deus para sua criação. O texto Bíblico não diz que Deus fez a luz neste momento, mas apenas que ordenou que houvesse luz em meio ao mar nebuloso que era a terra. A luz aqui não é o próprio Deus como querem alguns, mas simplesmente a luz natural que após seguir o seu curso, não sabemos de quanto tempo, chegou à terra naquele momento como observou Moisés. A partir da primeira tarde e da primeira manhã contam-se os dias da criação

6 ¶ E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas. 7 E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão; e assim foi. 8 E chamou Deus à expansão Céus, e foi a tarde e a manhã, o dia segundo.

Lembre-se que falamos que a Terra era um mar com forte neblina, ao criar a expansão no meio das águas Deus centrava o vapor em nuvens e a parte líquida sobre a superfície da Terra. Deus criou com isso a atmosfera própria para a vida. Provavelmente era um dia nublado mas houve tarde e manhã definindo que tal obra foi feita em um só dia pelo poder de Deus.

Aprendemos aqui que há uma diferença entre a narração da criação e a existência da Terra. A Terra e os céus já existiam por período de tempo ignorado, mas a criação começou a ser realizada e contada com o início da emissão de luz natural. Não devemos procurar ligações científicas com este relato embora sejam possíveis, pois o mais importante é saber que Deus transformou um lugar inabitável num lugar perfeito para que possamos viver. Louvemos a Deus pela Graça da Salvação e por nos dar o benefício de cuidar e desfrutar deste planeta que Ele preparou para nós. Que neste novo ano possamos valorizar este presente de Deus.


Fonte do texto bíblico: http://bibliaonline.com.br/gn/1



Hear this post in english


Happy New Year! We begining the year studying the Bible from his first book - Genesis. This book brings very much richness of interpretation and direct links with many cientific concepts, cosmological and existential, but we stay, how propose of this year, to study te Bible based only in what it say. Begining...


[1] In the beginning God created the heaven and the earth.
[2] And the earth was without form, and void; and darkness was upon the face of the deep. And the Spirit of God moved upon the face of the waters.


The words "In the Beginning" is not an exact term, the creation is talked about the God's plan for the Humanity, because this told about simple things, still tells the primordial condition of the Earth to introduce the Creation narrative. Note wich the Earth and the Heaven has existed, not talked how many times. All is told from the point of Mose's view as when looks a God's vision, so there is no claim of scientific accuracy, although good scientists do not fall into temptation to counter against this narrative.

We can observe many things in the Earth Description:
- It without form and empth.
- It is recovering with whater, and the Spirit Of God stay here.

We can deduce wich the Earth has an great sea, with whater in liquid and gaseous state, where the steam and the liquid creating a abyss. For Exemple: in Rio de Janeiro there are the Barcas S/A service with carrying passengers between of Rio and Niterói cities, in any time of the year there are fog wich make the travel impossible bacause have no visibility. One man wich fall in this whaters to fell in an abyss without know the right way. This is only an illustration of early days of the Earth perhaps can be hostile than this.


[3] And God said, Let there be light: and there was light.
[4] And God saw the light, that it was good: and God divided the light from the darkness.
[5] And God called the light Day, and the darkness he called Night. And the evening and the morning were the first day.
[6] And God said, Let there be a firmament in the midst of the waters, and let it divide the waters from the waters.
[7] And God made the firmament, and divided the waters which were under the firmament from the waters which were above the firmament: and it was so.
[8] And God called the firmament Heaven. And the evening and the morning were the second day.

Source of the Bible Text: http://quod.lib.umich.edu/cgi/k/kjv/kjv-idx?type=DIV1&byte=1477 




Oir el Texto en Español
Feliz Año Nuevo! A principios de este año vamos a estudiar la Biblia desde su primer libro - Génesis. Este libro es muy rico en interpretaciones y tiene enlace directo con muchos de los conceptos científicos, cosmológica y existencial, pero vamos a estar dentro de los límites que estamos proponiendo para este año, estudio de la Biblia basada puramente en lo que dice. Iniciando...


 1 En el principio creó Dios los cielos y la tierra.  2 Y la tierra estaba desordenada y vacía, y las tinieblas estaban sobre la faz del abismo, y el Espíritu de Dios se movía sobre la faz de las aguas.


Las palabras "En el principio" no es un término exacto, la creación habla del plan de Dios para la humanidad, porque habla acerca de las cosas simples, aún cuenta la condición primordial de la Tierra para introducir el relato de la Creación. Tenga en cuenta que la Tierra y el Cielo ha existido, no dijo cuánto tiempo precedido al primer dia. Todo es contada desde el punto de vista de Mose, como  una visión de Dios, así que no hay pretensión de rigor científico, a pesar de los buenos científicos no caer en la tentación de contrarrestar en contra de este relato.


Nos damos cuenta de algunas cosas acerca de la descripción de la tierra:

- No tenía forma estaba vacía.
- Estaba cubierto por el agua, donde el Espíritu de Dios se movía.



Para el resto de la historia, podemos deducir que la tierra era un gran mar, y que la tierra seca apareció más tarde, y el agua no estaba solo en su estado líquido como también de gas, donde el vapor y el líquido se genera un abismo. Por ejemplo: en Río de Janeiro hay el servicio Barcas S / A, que hace que el transporte de pasajeros entre las ciudades de Río de Janeiro y Niteroi; en determinada época del año se producen nieblas que se oponen a la distinción del lugar donde esta la niebla y el límite de agua líquida. Una persona que cae en esas aguas, en tales circunstancias, estara a ver un abismo porque no puede saber a dónde ir. Este es sólo un ejemplo de la realidad de los primeros días de la tierra que sería mucho más hostil que el ejemplo ilustrativo dado.


3 Y dijo Dios: Sea la luz;(A) y fue la luz. 4 Y vio Dios que la luz era buena; y separó Dios la luz de las tinieblas. 5 Y llamó Dios a la luz Día, y a las tinieblas llamó Noche. Y fue la tarde y la mañana un día.




No había luz, pero el terreno ya estaba cubierto con agua, entonces Dios ordenó que se hizo la luz, tenga en cuenta que desde la luz se cuenta los días de la creación. La tierra no se hizo en el primer día de la Creación, ya existía y estaba en el plan de Dios para su creación. El texto bíblico no dice que Dios hizo la luz ahora, sino que ordenó fue la luz en un mar que había niebla de la tierra. La luz aquí no es Dios mismo como piensan algunos, sino simplemente la luz natural que después de seguir su curso, no sabemos cuánto tiempo se detuvo en ese momento y Moisés vio. La primera noche y la mañana son marcas de los días de la creación.


6 Luego dijo Dios: Haya expansión en medio de las aguas, y separe las aguas de las aguas. 7 E hizo Dios la expansión, y separó las aguas que estaban debajo de la expansión, de las aguas que estaban sobre la expansión. Y fue así. 8 Y llamó Dios a la expansión Cielos.(B) Y fue la tarde y la mañana el día segundo.


Recuerde que dijimos que la tierra era un mar de niebla densa, creando un firmamento en medio de las aguas centrada en Dios en la nube de vapor y de la porción líquida de la superficie de la Tierra. Dios lo creó con la atmósfera adecuada para la vida. Probablemente fue un día nublado, pero fue la tarde y la mañana del establecimiento de este trabajo fue hecho en un día por el poder de Dios.


Aquí aprendemos que hay una diferencia entre el relato de la creación y existencia de la Tierra. La tierra y los cielos hay existido durante un período de tiempo ignorada, sino la creación comenzó a llevarse a cabo y le dijo a empezar a emitir la luz natural. No debemos tratar de establecer vínculos científicos con este informe a pesar de que son posibles, porque lo importante es que Dios se convirtió en inhabitable en un lugar perfecto para vivir. Alabado sea Dios por la gracia de la salvación y por darnos el beneficio de cuidar y disfrutar de este planeta que Él ha preparado para nosotros. Lo que este nuevo año se puede apreciar este regalo de Dios.



Fuente del texto biblico: http://www.biblegateway.com/passage/?search=Genesis%201&version=RVR1960