31/10/2009

Soberano e Sofredor

Neste domingo estudaremos as profecias acerca de Cristo que mostram Ele como Soberano e Sofredor. Pode-se achar estranho um soberano sofredor nos padrões do mundo, mas o padrão de Deus contraria nossa lógica carnal.

Como Messias Soberano Deus preparou a vinda de Jesus, demonstrada nas profecias sobre Ele, no envio de João Batista como precursor e em toda a história de Israel (Malaquias 3.1; Zacarias 9.9-10; Miquéias 5.2) Jesus foi o Rei esperado pelo povo Judeu mas não da maneira política que eles esperavam.

Jesus veio ao mundo como Rei e Sacerdote para Sempre mesmo sendo semelhante ao homem (Zacarias 6.12-13; Daniel 2.44; Salmo 118.22; Daniel 7.13-14; Salmo 2.6-8), os fariseus orgulhosos não podiam entender isso e sentiam-se ameaçados.

Como Rei e Sacerdote eterno, Jesus também é juiz das nações até os confins da terra, e será refúgio para os justos (Isaias 9.6-7; 32.1-3; 42.1-4 ), isso mostra o seu poder decisivo para nos garantir a vida eterna.

Como Messias Sofredor seria atacado sem motivo pelos violentos que fingem obedecer a Deus; e que o desprezaram , indenizando 30 moedas por sua morte, preço semelhante ao instituido na lei mosaica para a morte de um escravo, alguém considerado sem liberdade, sem poder, sem dignidade e sem cidadania ( Zacarias 13.7; Daniel 9.6; Isaias 53.1-10; Zacarias 11.12), mas Jesus é o Rei que dá cidadania celestial a quem arrependido lhe pedir. Mesmo sendo pranteado pelos fiéis, por ser ferido e envergonhado até a morte (Zacarias 12.10; Isaias 50:6; 52.14), Ele ressuscitou ao terceiro dia, confirmando sua soberania que o mundo não pode entender.

O que temos feito quanto a Jesus? Temos olhado para ele apenas como sofredor, como o mundo olha, ou como um Rei eterno que sofreu sim, mas por amor a nós, e agora reina eternamente nos oferecendo a Salvação conquistada na cruz?