27/07/2009

Um cão morto

2Sa 9:8 Então Mefibosete lhe fez reverência, e disse: Que é o teu servo, para teres olhado para um cão morto tal como eu?
O cão vivo era um animal cerimonialmente impuro para os judeus, um cão morto mais ainda. Mefibosete, filho de Jonatas, era coxo possuia uma deficiencia que limitava sua ação plena na sociedade da época, talvez por isso ele se julgasse tão insignificante: um cão morto.
Às vezes nos julgamos insignificantes. Insignificantes até para Deus ou para qualquer outra pessoa. Mas para Deus ninguém é insignificante, há um texto rabinico que diz "uma alma vale mais que o mundo inteiro", procure em sua Bíblia, este não é um texto bíblico mas do Talmude um comentário judaico que, neste ponto, condiz com o que nos ensinam as Escrituras. Davi sabia disso e olhou para Mefibosete com compaixão, devemos olhar uns aos outros de forma semelhante. Deus nos olha de forma compasiva o tempo todo, não precisamos nos considerar como "um cão morto" perante Deus.
Jesus morreu por nós por nos amar, mais do que qualquer um pode nos amar, Ele nos amou com amor Eterno. Quem é alvo do amor Eterno de Deus não deve se considerar impuro demais para aceitar a Jesus e atar comunhão com Ele. Deus iniciou o processo, basta que valorizemos sua proposta e aceitemos seu amor.
Com Jesus nunca mais pensamos que somos "um cão morto" mas temos a certeza de que, através do sacrifício de Cristo, nos tornamos filhos de Deus, povo adquirido, nação Santa. Valorize sua vida, aceite a Jesus.