30/07/2009

Probabilidades de Ateu

Há vários articulistas que tentam misturar fé bíblica com ciência. Uns são ateus, outros, crentes. Sócrates, o filósofo grego, defendia a verdade contra os sofistas que eram mercadores de "conhecimento" sobre como manipular os outros para fins políticos, iludindo-os com argumentos aparentemente verdadeiros, ha uns 4 séculos antes de Cristo já ensinava que a ciência não prova a verdade pois é extremamente mutável para embasar qualquer argumento a favor da verdade. Mas parece que mais de 2000 anos não foi suficiente para que os "doutores da ciencia" aprendessem algo com o filósofo, ao passo que se tornaram verdadeiros mestres sofistas.
Uma dessas frentes de batalha está nas probabilidades da alegação de formação espontânea da vida, ao mero acaso como querem os evolucionistas. As probabilidades são insignificantes, portanto a evolução é um absurdo segundo alguns estudiosos. Me parece uma proposição coerente, embora a ciencia não sirva para provar a verdade.
Do outro lado estão os ateus que defendem que a probabilidade da Bíblia ser infalível é insignificante. Ainda posam de mais cultos e instruidos do que os meros e ignorantes teístas, especialmente os cristãos. Um destes "doutores da ciência", ou pseudociência, alega que pelas parcas probabilidades a Bíblia não é infalivel considerando ele o que alega serem inconsistências do texto bíblico. Este "doutor" foi tão cego em seu desejo de ridicularizar a Bíblia que acabou confirmando sua origem divina e infalibilidade.
Ora, se matematicamente a Bíblia não pode ser infalível, mas a experiência religiosa e mesmo social nos mostra que é infalível, logo sua infalibilidade não vem de coisas tramadas pelo homem mas pelo poder de Deus. Mostrar que matematicamente não se pode comprovar a infalibilidade da Bíblia é um grande sinal de que foi planejada por Deus de forma que "a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus" como nos ensina o apóstolo Paulo em I Coríntios 1.18.
Se a matemática não pode provar a infalibilidade da Bíblia, e ainda assim a Palavra de Deus é infalível, é porque só pode ser obra das mãos de Deus revelando-se aos seus servos. Isto tambem prova que ninguém pode colocar Deus em contradição e como estão longe da verdade os ateus, pois usam argumentos contraditórios que acabam provando o quanto eles mesmos estão encharcados e atolados no erro. Que Deus tenha misericórdia de suas almas.