20/04/2009

Filhos de Lameque e Filhos de Deus

Foto com o Pr Shaly na IBCT Depois de um dia de muito trabalho onde se é humilhado por pouco ou por nada, onde o nome de sua mãe é só mais um palavrão na boca de ignorantes, penso que estou mais perto de Cristo e oro. Trabalhei, mas vou a igreja, no caminho o diabo manda um filho de Lameque e, creio firmemente que, porque oro, e muitos oram por mim, o Senhor Deus permite que chegasse a sua casa São e Salvo na plena acepção dos termos. Fiquei muito feliz ao saber que neste dia pregariam os missionários Shaly e Claudia, da Junta de Missões Mundiais na Índia que falaram de forma que as bênçãos de Deus encheram meu coração e pude entender perfeitamente o termo "vida em abundância", que para mim era ter passado por todo aquele dia envolto pela ameaça do pecado, do diabo, que conspira, mas não vence os servos de Deus e finalmente ouvir a Palavra de Deus de pessoas de outro canto do mundo que no dia a dia vivem intensas experiências pela pregação da Palavra de Deus. O Pr Shaly e a Irmã Claudia trouxeram palavras abençoadoras que renovaram meu espírito. Aí entendi porque o diabo queria tanto impedir minha chegada à casa de Deus, afinal se eu tivesse um dia tribulado provavelmente seguiria para casa a descansar, seria até boa desculpa, mas como crente de algum tempo sabia que descansar não era o melhor, Deus estava me chamando e ninguém se interporia no caminho que Ele traçou para mim neste dia, nem homem, nem demônio, nem qualquer potestade do ar. A mensagem do casal de missionários Shaly e Claudia, Um casal que dedica seu tempo a Deus cuidando de crianças de rua, órfão e abandonados de toda sorte na Casa de Paz na Índia. Ele indiano comunicativo, ela uma baina compatriota nossa. Não poderia ser considerada uma "pregação de poder" como alguns dizem num rompante jargão evangeliquês, ao contrário, foi bem simples como deve ser o verdadeiro evangelho, o Poder é a Palavra de Deus e não o homem em si. Onde haveria mais Poder do que na simplicidade da Verdadeira Palavra de Deus? Voltei para casa e dormi em paz, agora pela madrugada, mais revigorado fisica e espiritualmente, escrevo sobre pessoas que vivem sob um sistema social diferente do nosso, complicações e obrigações diferentes das nossas, nem por isso menos difíceis, pregando o evangelho pelo mundo e abençoando pessoas tanto aqui como lá na India. Disse no meu inglês capenga, ao missionário Shaly, algo também simples mas verdadeiro e gratificante: I am Blessed. Não precisa muita palavra para irmãos unidos pela mesma fé em Cristo se entenderem quanto a coisas espirituais e vi que houve entendimento. Deus abençoe estes missionários e convido à colaboração com eles através de ofertas missionárias, pois missiões não abençoa só o povo a ser alcançado, mas também ao que envia que precisa ouvir mais do que histórias de novela, precisamos ouvir que há um Caminho nas Índias que leva a Deus. Deus abençoe aos nosso missionários espalhados pelo mundo. Aproveite e Baixe o vídeo com uma das crianças cantando.