22/03/2009

Tempos de Impaciência

Tiago 5:10 Irmãos, tomai como exemplo de sofrimento e paciência os profetas que falaram em nome do Senhor. Vivemos tempos de impaciência, ansiedade e angústia. Alguns têm tudo e ainda assim dão fim à própria vida. Outros por não ter o que sonham, pensam que isto lhes dá o direito de fazer o mesmo. Alisando o texto de Tiago 5.10 vemos o motivo desse comportamanto na sociedade atual: não falam mais em nome de Deus, nem respeitam seus mandamentos, mas falam em seu próprio nome para satisfazer vontade própria. Os profetas que Tiago cita são muitos, poderíamos destacar entre eles o próprio Moisés, que mesmo mostrando os sinais de Deus em meio ao povo foi várias vezes afrontado pelos que se afastavam de Deus, podemos citar também João Batista que foi o "maior de todos os profetas" segundo o próprio Senhor Jesus, que mesmo não tendo feito nenhum milagre, teve coragem de pregar o arrependimento de pecados para a Salvação mesmo que isso lhe custasse a morte. O diferencial destes profetas e alguns falsos profetas de nossa geração é que estes suportavam o sofrimento por se submeter à vontade de Deus e foram bem aventurados no final, ao passo que nossos contemporâneos pregam uma ausência de sofrimento por uma pretenciosa e desrespeitosa tentativa de afrontar a Deus como se Ele fosse obrigado a nos dar alguma coisa. Antigamente eu pensava que o povo que seguia esses falsos profetas eram manipulados por tais, mas nem sempre é assim, muitos os seguem por egoísmo, não querem se submeter à vontade de Deus. Aqueles que desejam fazer a vontade de Deus, buscam uma igreja onde possam aprender a fazer a vontade de Deus para que possam enfrentar o sofrimento com a paciência que Tiago exalta nos profetas, pois somente no final vemos o quanto fomos bem-aventurados pois se sofremos neste mundo, não é porque fizeram macumba, mas é porque o mundo não suporta que façamos a vontade de Deus e por isso nos perseguirá. Reduzir as aflições desse mundo ao que chamam de macumbaria é reduzir seus eguidores a uma "pajelança evangélica" das chamadas "correntes" que os impede de fazer a vontade de Deus e seguir sua palavra, na verdade tal ensinamento é realmente uma corrente que amarra as pessoas a uma determinada prática mística e os afasta de fazer a vontade de Deus sem olhar as circuntâncias da vida. Por olhar as circunstâncias há tantos sendo enganados e desviando-se do caminho de Deus apesar de pensar estar nele. Não se engane, siga o exemplo dos profetas que cumpriram a vontade de Deus e não a própria, para que você possa ver além do que os problemas nos levam a enxergar.