11/03/2009

A Mulher que perdeu a graça

Sem graça, desgraça de uma geração vazia. oca de virtude e da beleza, que deixou na cirurgia. Bisturi arranca mais do que pelancas, Joga no lixo hospitalar as marcas da falta de sabedoria Qual é a graça de uma mulher artificial Que sonha com passarela, mídia, a nova praça da prostituição instituta social? O que sobra nelas além da silhueta? que por mais que seja perfeita é só a sombra do pecado, artificializado, numa mulher que perdeu a graça. Não sou contra a beleza. sou contra a falta de graça que não é aquela de trejeitos caricatos mas que carrega as marcas de Cristo em si. É grave! Mas falta graça até na gestação Onde não se enfatiza mais o amor familiar Mas andar com um rei na barriga Que pode garantir uma gorda pensão. A graça de Deus, excede todo entendimento. Ninguém pode fabricá-la ou comprá-la Mas Cristo pode doá-la a um coração arrependido pois a beleza espiritual encontrada só em Cristo Não corta nada que seja desgraça mas tansforma tudo em graça que só aquele que recebe é capaz de entender.