07/03/2009

Aborto é problema de saúde pública?


De Meus Desenhos


Mat 23:13 Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem aos que entrariam permitis entrar.

Hipocrisia significa mascarar uma crise para que ela pareça menos grave do que é, o hipócrita é o gerador da crise mas distrai a atenção de todos para que atribuam a culpa a outros, mascarando o que na verdade eles mesmos provocaram.
Os hipócritas pró aborto passaram a dizer que "a legislação contra o aborto é hipócrita", pois se as leis são formuladas tendo como base os usos e costumes estratificados em um povo, e o aborto, segundo eles, é "largamente utilizado pelas mulheres brasileiras", a lei deveria seguir a tendência nacional. Há dois absurdos nessa alegação, vamos ao primeiro: se a lei deve concordar com tudo o que é amplamente exercido pela nação, e se isso fosse um princípio inconsequente como querem os militantes antivida, deveríamos não só legalizar o aborto, como também o assassinato (que é irmão do aborto), a pedofilia e o incesto (que é um passo posterior dessa militância), a escravidão branca, o tráfico de drogas alucinógenas e degradantes (objetivo não ignorado por tais militantes), o desrespeito aos idosos (coisa que pretendem defendendo a eutanásia), o turismo sexual e prostituição (que se interessam muito no aborto), práticas médicas ilegais e antiéticas ( comos as clínicas de aborto que torcem por estes ativistas), a discriminação de deficientes e sua eliminação (conceito embutido no discurso abortista pois defendem o aborto em qualquer caso), enfim o desrespeito total à vida. Em muitos países o ativismo pró aborto foi a porta de entrada de todos esses males sociais que chegaram a tal ponto insuportável que começam a rever seus conceitos depravados. Portanto, vemos que a adaptação da lei aos costumes não deve ser inconsequente, nem desculpa para propagação de princípios egoístas e realmente hipócritas que posam de coerência sem te-la.
Dizem que a lei é hipócrita por um recurso de propaganda perniciosa: é melhor dizer que a lei é hipócrita do que dizer qua a sociedade é hipócrita, pois eles querem simpatia da sociedade sem ofendê-la. Na verdade a lei não pode ser hipócrita pois é só um instrumento, hipocrisia é algo relativo a pessoas e, portanto, à sociedade. Tornamos membros de uma sociedade hipócrita quando escondemos todos os grandes problemas e pecados terríveis e degradantes por tras de nossa defesa ideológica para valorizar apenas um ponto pernicioso como se fosse nada de mais. Hipócritas são os que defendem o aborto, pois não informam o histórico de crimes contra a humanidade e contra Deus que ele traz de lambuja após si. Tais pessoas estão perdidas espiritualmente e querem fechar aos outros o reino dos céus pois não podem entrar nele. Talvez digam – Se eu não vou pro céu você também não vai – isto é o máximo da degradação humana e da rebelião contra Deus.
Provavelmente o texto bíblico de Mateus 23.13 refere-se a esses militantes: "Ai de vós, Abortistas e Enganadores, hipócritas!" porque não dizem claramente ao que vêm, pois julgam melhor, para eles e para o Diabo, que não digam até ser tarde demais.