17/02/2009

Sedução da Terceira Idade

De Meus Desenhos
Clique aqui e faça o download do Desenho para o Culto Infantil Tenho notado a aparente valorização do idoso na mídia. Só aparente mesmo, pois o idoso não é valorizado por sua sabedoria de vida e experiência para passar aos mais novos, ao contrário, são exaltados quando se comparam e vivem como adolescentes. Não estou dizendo que os idosos não devam viver de forma agradável fazendo coisas das quais gostem, mas enfatizo que a liderança e conselho dos idosos não deve ser desprezada nem seduzida por interesses mercantilistas. A midia patrocinada valoriza o idoso que viaja, faz gastos, investe nisso e naquilo movimentando o mercado. É interessante a alguns dar ao idoso a imagem de um consumidor valorizado, e uma ilusória noção de respeitabilidade e qualidade de vida, pois ao ter um comportamento consumista o idoso passa inconscientemente a responsabilidade de liderar os mais novos, através de conselhos sábios, à mídia patrocinada. E como essa mídia gosta de ter essa prerrogativa. Jogam um engodo para os idosos para pescar coisas valiosas que eles têm: sua influencia na sociedade e seu dinheiro. Fazem até que as pessoas desprezem a sabedoria marcante dos idosos , que é uma inteligência prática para a vida que não se aprende em livros escolares, pela necessidade de diplomas acadêmicos. Se o idoso deseja estudar não há mal nisso, mas não faça como alguns que trocam sua sabedoria por diplomas cheios de conceitos ímpios e contrários à vontade de Deus. A Palavra de Deus nos mostra como as coisas devem ser. Dentre os muitos exemplos vemos a influencia dos idosos na liderança do povo de Deus, especialmente na acessoria a Moisés durante a libertação do povo cativo do Egito (Êxodo 3.16,18; 4.29; 12.21; 17.5-6 dentre muitas outras referências no pentateuco), depois da morte de Josué os anciãos marcaram sua influencia como nos diz Juízes 2:7: "E serviu o povo ao SENHOR todos os dias de Josué, e todos os dias dos anciãos que ainda sobreviveram depois de Josué, e viram toda aquela grande obra do SENHOR, que fizera a Israel". Durante o período teocrático de Israel os anciãos também tinham papel fundamental na escolha de líderes como no caso de Jefté (Juízes 11.8,10,11) que pode não ter sido um Juíz perfeito, como nenhum foi, mas sua escolha foi abençoada por Deus com mais uma libertação do povo. Poderia citar muito mais versículos sobre uma boa liderança de anciãos em toda a Bíblia, mas quero deixar um que mostra o mal que fazem homens, de qualquer idade que se afastam de Deus, como nos diz Mateus 16.21 "Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia". Note que nesse caso entre os ímpios estavam os anciãos seduzidos pelos escribas e sacerdotes corrompidos ao poderio do império romano. Podemos dizer que o império romano que tenta corromper os idosos em nosso dia é essa mídia mercantilista que rouba sua dignidade, direito e dever de orientar futuras gerações enganando-os com "miçangas sem valor" como fizeram os portugueses com os índios na descoberta do Brasil em troca de suas riquezas. Quero deixar um apelo aos idosos evangélicos, ou todos: Não deixem que tirem de vocês o que há de mais valioso na idade avançada, pois vocês são responsáveis pela formação de cidadãos conscientes de seus direitos e pela identidade da nação como povo, especialmente aqueles que fazem parte do povo de Deus. Que nenhuma sedução manipuladora roube de nós a riqueza da sabedoria dos mais velhos. Afinal se temos mais "expectativa de vida", devemos ter esperança de usufrui-la com sabedoria.