19/02/2009

A incoerência da discórdia

Rom 10:16 Mas nem todos deram ouvidos ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem deu crédito à nossa mensagem? Há um pregador filipino, Eli Soriano, que usa frases de efeito para atrair aqueles que tem desejo de rebelar-se contra suas denominações. Hoje assisti uma de suas pregações e verifiquei uma desconexão de idéias sem precedentes. Claro que isso é proposital para vangloriar a si mesmo perante pessoas com espírito de dissidência. É a mesma estratégia de revolucionários com anseios de ditadura. Alega ser perseguido e ameaçado de morte por líderes religiosos sem dar provas das acusações nem dizer quem são os possíveis algozes, deixa apenas uma suspeita "teoria da conspiração" contra sua doutrina, o que demonstra leviandade total do referido indivíduo. Enfatiza em seu discurso o negociar da Palavra de Deus, coisa que todo cristão sincero é contrário, mas não faz conexão lógica entre um argumento e outro fazendo apenas provocações aos ouvintes, isto é plantando dissidências sem se comprometer. Convida outros pastores para debaterem com ele e ainda gaba-se de pagar o horário televisivo para isso, claro que nenhum pastor sério se submeteria a este tipo de manipulação de alguém que não se define, apenas contesta para gerar um sentimento de usurpação entre seus ouvintes incautos. Como ele foi extremamente lacônico e propagou cisânia sem se definir não posso avaliar sua doutrina. Tenho apenas receio daqueles irmãos incautos que não conseguem separar seus sentimentos contra alguma coisa que não compreendem na igreja daquilo que a Bíblia realmente diz. Nossos sentimentos são importantes, sim, mas o que a Bíblia diz é muito mais importante. Para saber o que a Bíblia diz é necessária uma reflexão razoável pela articulação de idéias bem estabelecidas nos textos bíblicos, especialmente respeitando a coerência do texto. A citação de textos exparsos geralmente é a estratégia desses pregadores, pois assim podem selecionar apenas o que lhes interessa, sem levar um texto até o fim, pois a Bíblia mostraria sua incoerência. A manipulação do sentimento de frustração é a arma desse falso profeta. Cuidado. Sentimento de frustração todos nós podemos ter em algum momento, mas não podemos deixar que alguém o use para nos manipular contra a Palavra de Deus. O texto de Romanos 10.16 fala em dar ouvidos ao Evangelho. Dar ouvidos é entender coerentemente o que a Palavra de Deus nos diz através de reflexão responsável e equilibrada e não por uma avaliação comprometida pelo sentimento de frustração. Se você passa por esse tipo de sentimento, fuja desses pregadores e dedique-se a ler a Bíblia e orar pedindo a iluminação de Deus, pois só uma leitura bíblica reverente e responsável pode nos levar ao entendimento da Bíblia. Tais pregadores não podem iluminar ninguém para entender a Bíblia, pois o objetivo deles é deslumbrar pessoas espiritualmente enfraquecidas para fazer delas suas presas. Se você se encaixa na descrição de pessoas espiritualmente enfraquecidas, não se ofenda, pois muitos homens de Deus passam por momentos assim. Eu que não sou grande coisa também já passei por momentos assim. O importante é notar que o verdadeiro servo de Deus, não se rende a deslumbramentos como alguns, mas busca fortalecer sua fé. Se somos servos de Deus passaremos por momentos difíceis mas o importante é atentarmos para a Palavra de Deus, e não para pregações e ofertas ilógicas e deslumbrantes que apelam para nossa fraqueza emocional. 1Co 10:12 Aquele, pois, que pensa estar em pé, olhe não caia.