19/11/2008

Tudo para ser mimado

Gen 5:22 Andou Enoque com Deus, depois que gerou a Matusalém, trezentos anos; e gerou filhos e filhas.
Gen 5:23 Todos os dias de Enoque foram trezentos e sessenta e cinco anos;
Gen 5:24 Enoque andou com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus o tomou.
Gen 5:25 Matusalém viveu cento e oitenta e sete anos, e gerou a Lameque.
Gen 5:26 Viveu Matusalém, depois que gerou a Lameque, setecentos e oitenta e dois anos; e gerou filhos e filhas.
Gen 5:27 Todos os dias de Matusalém foram novecentos e sessenta e nove anos; e morreu.
Gen 5:28 Lameque viveu cento e oitenta e dois anos, e gerou um filho,
Gen 5:29 a quem chamou Noé, dizendo: Este nos consolará acerca de nossas obras e do trabalho de nossas mãos, os quais provêm da terra que o Senhor amaldiçoou.


Falei sobre Caim na mensagem anterior, e sobre como estamos criando nossos filhos como provavelmente Caim foi criado, neste texto adverti sobre o perigo que corremos ao não criar nossos filhos ensinando a suportar as perdas. Agora quero falar de alguém no extremo oposto: Noé. Seus ancestrais, Enoque, Matusalém, Lameque foram criados no temor ao Senhor tanto que um deles foi tomado, ou arrebatado como queiram, por Deus, pois andava em seus caminhos. O que me chamou atenção foi a forma como Noé foi recebido neste mundo ao nascer, não foi orgulhosamente e nem desvalorizando outros filhos, como provavelmente fizeram os pais de Caim, mas Lameque recebeu Noé como uma promessa de Deus, como alguém que seria destinado a trazer descanço para uma terra amaldiçoada. Lameque profetizou? Não no sentido exato da palavra, não como uma revelação, mas ele percebeu que se investisse em seu filho como alguém que educa para Deus, Noé seria bênção nas mãos de Deus. Alguns costumam dizer que criam seus filhos para o mundo, até alguns cristãos dizem isso, mas não é correto. Devemos como Lameque, criar nossos filhos para Deus.
Como foi triste o fim de Caim criado com todas as vontades e para conseguir tudo que quisesse mesmo que fosse à força. Como é vergonhosa sua história! Mas, Noé, assim como seu antepassado Enoque, andou com Deus. Nossos filhos vão andar com Deus se nós também andarmos com Ele, mas não somente isso, nesse caminhar nossos filhos devem estar ao nosso lado, acordando, andando, comendo, rindo, chorando, dormindo e novamente fazendo tudo isso a cada dia.
Porque o mundo está tão cheio de Cains e com tão poucos Noés? Porque estamos firmados em tomar tudo à força, onde vale a lei do mais forte, do mais preparado, baseada numa diabólica "teoria da evolução" e do desejo do poder. Precisamos de um mundo com pais como Lameque que invistam em seus filhos para fazerem deles bênçãos nas mãos de Deus e que não desistam tão facilmente com adultérios, divórcio, violência e outras saídas que o mundo perdido e sem Deus oferece. Se você já cometeu esses erros, não se esforce-se para minimiza-los e entregue a solução deles nas mãos de Deus tomando nova direção em sua vida. Oremos a Deus para que Ele desperte o mesmo sentimento de Lameque nos corações dos pais e não o sentimento de Adão e Eva que, talvez, sentiam-se culpados de seu filho não estar no paraíso e educaram sua alma para o inferno. Só posso terminar com um clichê: pense nisso.



Acesse nossa página no 4shared onde você pode baixar as nossas mensagens em mp3.