18/11/2008

O argumento da Serpente

Ouça ou leia esta devocional:
Gén 3:1-5 Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim? Respondeu a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais. Disse a serpente à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal. Esta proposta da serpente está presente ainda hoje. Quando jovens ouvem convites para participar de crimes ou festas de embalo, sem "nenhum problema" segundo os convidadores. Quando somos tentados a fazer as mais diversas coisas que são contrárias a Palavra de Deus diariamente, podemos comparar estas pessoas a uma raça de víboras como disse Jesus referindo-se aos hipócritas de sua época (Mateus 12). Interessante notar que as víboras mais perigosas estavam no meio religioso que Jesus combateu com tanta veemência, hoje não é diferente, há uma raça de víboras entre os cristãos que , como o Diabo em forma de serpente, usam perguntas maldosamente articuladas para incutir no povo seus falsos e blasfemos ensinos: "Deus não prometeu? Então ele tem que cumprir!"; "Se Deus é Deus, ele tem que agir em sua vida!"; "Precisamos reivindicar nossos direitos perante Deus!" - Estes são alguns dos argumentos falaciosos e sofismáticos dos falsos profetas de nosso tempo que na verdade são substitutos da serpente a serviço de Satanás, e lobos devoradores em pele de cordeiro. Quantas vezes já ouvimos essas palavras? Quantas pessoas seguem pregadores que usam o argumento da serpente? O interessante que a Serpente dos templos que falsamente se dizem evangélicos, não são os únicos culpados da apostasia. Os que ouvem e aceitam seu argumento também são culpados e, ao invés das bênçãos que tanto procuram, trazem maldição sobre si, assim como Adão e Eva buscaram a maldição com as próprias mãos. Mesmo que se pareça próspero, ou saudável, ou feliz, estes beneficios não se baseam na Palavra de Deus, mas na palavra de uma "raça de víboras" e portanto, seu sabor e sua visãos são agradáveis mas seu fim será amargo e destruidor. Se você se encontra prisioneiro de tais doutrinas que estão disseminadas pelo rádio e televisão com muita força, ao passo que a Verdadeira Palavra de Deus tem poucos recursos materiais para sua divulgação, resista a isso e procure uma igreja que pregue a Palavra de Deus e não use o argumento da serpente. Só há salvação em Cristo, é verdade, em nenhuma igreja específica ela está, mas se a "igreja" não prega a Palavra Verdadeira de Cristo ela não produz Salvação mas apenas leva outros à ruína. Pense nisso e procure uma igreja que pregue a Cristo e não às bênçãos, pois só há salvação nEle e em nenhum outro.
Esta é uma postagem multimídia temos texto, audio, imagem e agora deixo com você um vídeo alusivo ao mesmo assunto com o pr Silas Malafaia. Não precisa concordar com tudo que foi dito e mostrado nesta postagem mas é de suma importância que você, pelo menos, pense sobre o assunto de que tratamos. Encontrei esse vídeo no blog do Julio Severo, visite também.

Aqui você encontra palavras cruzadas para divertir-se e pensar no assunto. As palavras usadas nestas cruzadinhas foram tiradas do texto da postagem.