15/09/2008

Uma noite insone.

Salmo 121:4  Eis que não dormitará nem dormirá aquele que guarda a Israel.

Eclesiastes 5:12  Doce é o sono do trabalhador, quer coma pouco quer muito; mas a saciedade do rico não o deixa dormir.

Escrevo esta postagem porque não consigo dormir. Não há um motivo aparente, certo, exato, para não ter sono, mas é algo que certamente incomoda a qualquer um. Resolvi escrever sobre alguém na Bíblia que perdeu seu sono, fiz uma busca no e-sword e descobri os dois versículos acima. Não estou acordado a toa, com certeza Deus quer falar comigo e, espero que Ele também fale a você.

O texto de Eclesiastes exalta a doçura do sono do trabalhador, independente de quanto seu salário pode comprar para seu sustento, muitos de nós somos trabalhadores ou estudantes que dedicam seu tempo a uma atividade produtiva, mas o que noto nesse versículo é que não é o salário do trabalhador que o faz dormir bem, mas a satisfação com um trabalho cumprido a contento. Hoje estou contente em ajudar a Missão Batista no Jockey, pois assisti ao batismo de vários irmãos daquela missão na Primeira Igreja Batista de Niterói, estou satisfeito também, pois visitei a Igreja Batista em Icaraí e recebi muito carinho de todos os irmãos que lembravam meu tempo de educador religioso naquela igreja, mas esta insônia me faz pensar se estou realmente contente. Uma coisa comum entre os líderes religiosos é saciarem-se de tal forma dos resultados positivos do que fazem para Deus que acabam valorizando mais a si mesmos do que ao próprio criador, isso é comparada a saciedade do rico, pois achamos que fizemos muito para Deus pelas coisas que vemos e ouvimos bondosamente dos outros e ficamos saciados na nossa própria ignorância e negligência perante Deus. Por mais que tenhamos feito para Deus, sempre será pouco, pois ele não descansa no seu cuidado para conosco, nos guardando sem tirar nenhum cochilo. Eternamente.

Imagine se Deus fosse como o homem que se sacia de seus feitos ele jamais poderia dar o exemplo de reservar um dia para o descanso e louvor a ele como fez na criação do mundo, porque o dia de descanso precede e sucede a um dia de trabalho. Podemos dizer que, caso fosse possível Deus se saciar e se acomodar em seus feitos maravilhosos o mundo, ou mesmo o universo inteiro, pararia e entraria em colapso. Apesar de ter todo o poder Deus não para de trabalhar e cuidar de nós a todo o momento. Nós que somos limitados sempre achamos que fizemos muito e buscamos acomodação e facilidade de uma vida menos revolta, e nisso, abandonamos a missão de pregar a Palavra de Deus. Este abandonar pode ser parcial, não de todo, mas é o motivo de não conseguirmos dormir. Temos feito colchões de louros em nossa vida cristã e deitado neles mais do que levantado para servir a Deus? Ou podemos deitar a cabeça numa pedra como travesseiro como fez Jacó e ver os mensageiros de Deus agindo em nossa vida?

Ainda não sei o que essa insônia quis me ensinar, mas por certo, amanhã poderei entender melhor, com a cuca mais fresca e meditando melhor nestes dois textos, pois os planos de Deus são insondáveis e nossos olhos, mesmo que bem abertos e alertas, nem sempre podem enxergar o que Deus tem preparado para nós em um novo alvorecer. Desejo que antes do dia raiar Deus fale a seu coração e ao meu e que vejamos como é importante servi-lo constantemente para que possamos dormir em paz, hoje, e no momento em que Jesus estiver à porta. Deus o abençoe!


--
Sempre que quiser nos visite:
www.abibliaevoce.org