27/05/2008

Luz que gera luz.

Gênesis 1.3-4 – Disse Deus: Haja luz; e houve luz. E viu Deus que a
luz era boa; e fez separação entre a luz e as trevas.
I João 1.5 – Ora, a mensagem que, da parte dele, temos ouvido e vos
anunciamos é esta: que Deus é luz, e não há nele treva nenhuma.

Os mais céticos diriam que estes dois versículos são contraditórios,
pois, pensariam tais mentes, "se Deus é luz como ele pode criar a
luz?", pior não é alguém falar algo como isso mas é gerar seguidores
de tal bobagem!
Esses dois versículos vistos "à luz" de seu contexto (olha a luz aí de
novo), mostram Deus como aquele que cria todas as coisas que nos
sustentam, desde a LUZ FÍSICA que é emanada do sol ou de outras fontes
naturais ou não naturais, sem a qual a vida seria praticamente
impossível, até a LUZ ESPIRITUAL que é a própria natureza de Deus.
Assim como a luz física é vital para a vida na terra, a Luz Espiritual
que vem somente de Jesus Cristo, pode iluminar e dar vida ao homem
pecador. Jesus em alguns momentos nos compara com galhos de uma árvore
que dão fruto se estiverem ligados na árvore que fornece sua seiva que
os alimenta produzida por suas raízes em colaboração até, creio eu,
com a fotossíntese que realiza ao receber a luz do sol. Corte este
galho e coloque-o em um lugar onde não há luz e veja como definha até
a morte. Para termos vida espiritual precisamos estar na Luz
Espiritual, não há luz fora de Cristo. Como anda a iluminação
espiritual de sua vida? Está recebendo uma iluminação adequada de Deus
ou está seguindo por caminhos de trevas que o levarão à morte
espiritual? Todos nós devemos escolher a Luz para nossa vida
espiritual, pois somos seres, também, espirituais. Escolha a Luz
correta para uma vida espiritual e eterna com Cristo. Que Jesus te
ilumine nessa escolha.