18/03/2008

Os Lobos e os Frutos





Mat 7:15-20 Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em
ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.
Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
Assim, toda árvore boa produz bons frutos; porém a árvore má produz frutos
maus.
Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má dar frutos
bons.
Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada no fogo.
Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.


Aparentemente nada têm em comum lobos e frutos, mas ovelhas podem ter algo em comum com frutos. Os lobos devoradores oferecem frutas que não são boas, mas que enganam ser, para capturarem as ovelhas. Preste atenção no alerta de Jesus: observe mais os frutos, veja se realmente provém de onde dizem vir, veja se podem ser produzidos por aquela árvore que oferece. Muitos problemas acontecem na vida cristã pois nos submetemos, e comungamos de um alimento que não passa de corantes e flavorizantes artificialmente constituídos para enganar pessoas sedentas de alimento espiritual. O alimento espiritual precisa ser genuíno e não falsificado ou artificial, pois somente vindo de uma árvore capaz de produzir um fruto verdadeiro, poderemos ser alimentados espiritualmente e passar a frutificar como árvores plantadas no Espírito de Deus.
O interessante é que os lobos devoradores não empurram as frutas goela abaixo de suas presas, antes são as próprias que colhem o fruto dessas árvores daninhas e comem de seu fruto venenoso. É responsabilidade nossa saber o que colhemos e comemos.
Que possamos atentar ao aviso de Jesus e guardar-nos dos lobos devoradores observando bem os frutos que colhemos para manter nossa saúde espiritual.