11/02/2008

Sobre a graça e o fruto do Espírito

Como um passarinho não pode produzir frutas de si mesmo para alimentar-se, ao menos que procure no pomar, nós também não podemos nos alimentar do Espírito se não procurarmos esse alimento na videira que é Cristo. Aliás podemos ser mais do que passarinhos, podemos ser galhos dessa videira se estivermos em Cristo e assim produzir muito fruto para edificação da igreja, pois sem Ele nada podemos fazer. (João 15:4-5) Estes versículos falam sobre a graça de Deus manifestada em uma vida frutífera. Isso significa que devemos desenvolver o fruto do Espírito em nossas vidas mantendo um relacionamento correto Jesus. Neste ensinament0 Jesus nos ensina que os ramos não podem produzir frutos por si mesmos, e que mesmo se tentarem seu fruto não será genuinamente espiritual pois é necessário estar arraigado nele. Às vezes queremos produzir frutos de forma carnal com aparência agradável mas que não são realmente bons pois estão sendo produzidos fora da videira, e portanto pode ter qualquer natureza menos a natureza verdadeiramente espiritual. As pessoas podem se enganar com esse procedimento, mas Deus não pode ser enganado jamais. Com essas tentativas frustradas e infrutíferas as pessoas não são edificadas espiritualmente e não glorificam a Deus com isso, mesmo que a sua intenção seja a melhor de todas. A vida é algo que pertence à videira e não aos galhos, para que os galhos produzam frutos precisam se alimentar com a seiva de vida que vem da videira. Essa é uma noção primordial se desejamos dar frutos: a vida que possibilita a frutificação está nEle e não em nós. Como podemos avaliar se realmente temos produzido frutos? Observando se os frutos que produzimos são agradáveis a Deus e condizentes com o que a Bíblia nos ensina sobre a vida espiritual e se esse frutificar tem desenvolvido nosso relacionamento com Deus de forma mais íntima, onde para produzir ou fazer tudo somos dependentes de Deus. “Sem min nada podeis fazer”. Esse é o evidente trabalho da graça, onde vemos um relacionamento real de humildade e fé. A humildade opera em nós fazendo-nos compreender que sem Jesus nada podemos fazer, a Fé faz com que tenhamos a certeza de que em Cristo podemos produzir muitos frutos. Oremos para aceitar que só podemos produzir frutos se deixarmos Cristo trabalhar em nossa vida adimitindo que sem ele somos incapazes de produzir o verdadeiro fruto. Este devocional é uma tradução livre do devocionário em inglês – Day-By-Day By Grace (Bob Hoekstra)