13/09/2007

O que é o amor

Poema Baseado em I Coríntios 13 Amar não é dominar todos os idiomas Não é alçar a voz como tolo a falar, É saber que mais bem ao outro soma A sabedoria de saber calar. Amar não é ser senhor de mistérios Nem gabar-se de ter o conhecimento Ou fé para transportar montes inteiros. É depender a todo momento De um Deus fiel e verdadeiro Que tudo pode dar e ensinar. Amar não é entregar seus bens aos pobres Nem seu corpo para ser queimado em sacrifício Pois o amor vale mais que uns cobres Sem ele não há nenhum benefício. O amor está onde há paciência De esperar com benignidade Não é orgulhoso na aparência De fingir julgar com lealdade. O amor é sempre conveniente Prefere o outro ao seu interesse Sua mansidão não é aparente Transforma o mal em benesse. Para o amor não existe maior alegria Do que crer, sofrer, esperar, suportar tudo Por saber que haverá um dia Em que a justiça reinará em todo mundo. Tudo que é imperfeito Desaparecerá com as profecias, Línguas e conhecimento. Mas quando o fim tiver efeito De tudo aquilo que valia O amor superará o abatimento. Quando o homem espiritual Não for mais uma criança, Mesmo que cesse a fé e a esperança Por não haver o que se enfrente, O amor permanecerá para sempre