14/09/2007

Comentário de Colossenses Capítulo 1, v. 2

Graça e Paz em Cristo. Esse termo é uma saudação comum do apóstolo Paulo, mas nem sempre meditamos sobre o que quer dizer: Graça é um favor imerecido, um presente muito caro e especial que ninguém conseguiria adquirir por esforço próprio. Essa graça, Paulo deseja àqueles que se separam do mundo e do pecado (santos, ou separados numa tradução mais atual) e que permanecem fiéis a Cristo, portanto para ter a graça de Deus é necessário separar-se do mundo e ser fiel a Ele. Quanto a Paz da parte de Deus, não é uma paz como o mundo dá e é reservada para os que desfrutam da Graça da Salvação. Mesmo que todos os líderes religiosos do mundo se unam em eventos ecumênicos, como tem feito alguns, ainda assim não produzirão paz, pois essa só pode ser reconhecida por quem tem a graça de Cristo. Diz um relato que houve um concurso em que se pintasse um quadro que retratasse a paz, e não foram aqueles que apresentavam paisagens bucólicas que demosntraram melhor o que é a paz, mas um quadro onde um passarinho se aconchegava no seu ninho no meio de uma violenta tempestade. Aquele que aceita a Jesus passará por tempestades e agruras nos desertos da vida, mas por ele ter a graça de Deus, pode desfrutar da paz que excede todo entendimento (Filipenses 4.7).