24/09/2007

Comentário de Colossenses Cap. 1.v4

Qual é o ponto de partida de nosso agradecimento pelo que nosso próximo representa para nós concedido por Deus? Para Paulo, o ponto de partida de sua ação de graças pela fé e pelo amor nutridos pelos colossenses,era o fato de tais serem baseadas na verdade do evangelho. O mundo exerce sua admiração pelas pessoas baseando-se no que têm ou no que são. Em Cristo não importa o quanto temos ou quão importantes somos, mas sim o amor que nutrimos mutuamente como igreja de Cristo. Notemos que alguns valores mundanos têm entrado no meio da igreja que afasta-se do vínculo pelo amor cristão para fortalecer os vínculos organizacionais a ponto de diminuir os vínculos de amor. Temos nos preocupado mais em fazer tarefas com competência ou manter vínculos de amor com nossos irmãos? Será que a dedicação a tarefas não reproduzem nosso desejo de satisfazer a organização a que pertencemos e não às pessoas envolvidas ali? O ambiente político-organizacional à nossa volta tem influenciado mais nossas ações do que o próprio amor cristão? Esforcemo-nos para que possamos dar um testemunho tal de amor ao próximo sem, logicamente, negligenciar nossas obrigações no ambiente que estamos, mas enfatizando o amor firmado na fé em Cristo que é a Rocha Inabalável.