29/01/2007

Chorar de Felicidade

Esta postagem faz parte de uma série de oito devocionais sobre as Bem-Aventuranças no Sermão da Montanha (Mateus 5.1-12). Medite nesse texto conosco.
"Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados." Mateus 5.4
A expressão do Título já é consagrada, embora possa ser uma coisa rara em alguns momentos da vida. Choramos mesmo, na maioria das vezes, por sofrimento. Essa idéia é o que Jesus tem em mente nesse texto nos deixando grandes lições espirituais sobre o sofrimento. Vamos analisá-las. - Seja qual for a natureza do sofrimento podemos encontrar forças para vencê-lo, ou suportá-lo. Jesus não diz que é fácil passar pelo sofrimento, e nem promete que não vamos passar por ele, mas mostra que através da fé em Deus seremos consolados. Consolar é a tarefa principal do Espírito Santo, que é dado a todo que crê em Jesus como Salvador. É impossível suportar o sofrimento sem o apoio que Deus nos dá quando cremos nele, se alguém estiver passando por um grande sofrimento, vamos anunciar a salvação em Jesus para que essa pessoa o aceite como Senhor, Salvador e Consolador em todos os momentos da vida. - Seja qual for a força do sofrimento, ele não será mais forte do que Salvador. Jesus se compadeceu de nós a ponto de experimentar o sofrimento que nós merecíamos para satisfazer a justiça, mas ressuscitou e demonstrou seu poder sobre a morte e o pecado. Quando nós aceitamos a Jesus como Senhor fazemos parte de sua vitória Salvadora, se nos submetemos a Ele, teremos força para não ser subjugados pelo pecado e encontraremos a consolação da vida eterna. - Seja qual for a duração do nosso sofrimento a Salvação é eterna, olhemos para adiante mesmo que não possamos entender o que está preparado para a eternidade.